Proposta para eleição direta ganha força na Câmara

sexta-feira, maio 19, 2017



O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB/MG), marcou para a próxima terça-feira (23/05) a votação da admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição - PEC, que estabelece eleições diretas em caso de vacância do cargo de presidente em até seis meses do fim do mandato.

O texto é uma proposta de mudança à Constituição, que atualmente diz que, em caso de queda do presidente tendo decorrido pelo menos dois anos do início do mandato original e na ausência do vice, o próximo ocupante deve ser escolhido por eleições indiretas, ou seja, pelo Parlamento.

Voce pode ler também

0 comentários