A ORCRIM sai de cena no Brasil

sexta-feira, outubro 20, 2017


A Folha de S.Paulo, em editorial, sugere que Aécio Neves saia de cena. O O Antagonista concorda.


O mesmo discurso vale para Lula.

Leia aqui:

"A presença de Aécio Neves no Legislativo serve apenas para turvar ainda mais um quadro político já revolto e atravessado por incertezas. Infelizmente o mineiro, que teve a oportunidade de seguir uma trajetória promissora, traiu seus eleitores e desonrou o legado de Tancredo Neves, seu avô.

Sua presença na vida pública, como se nada de grave tivesse ocorrido, põe em risco a credibilidade e o equilíbrio do Judiciário e da Lava Jato. Fica no ar a impressão de que no meio político alguns são menos passíveis de punição do que outros.

Deveria o senador retirar-se de cena e tratar de sua defesa — mas isso, ao que parece, é esperar demais de alguém que não tem exibido os requisitos éticos e morais para agir com grandeza".

Voce pode ler também

0 comentários