PF indicia ex-presidente do BNDES e diz que Pimentel favoreceu Casino

domingo, outubro 22, 2017



A Polícia Federal - PF concluiu que o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), e o ex-presidente do BNDES - Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social favoreceram o grupo francês Casino ao barrar a liberação de recursos para a fusão do Grupo Pão de Açúcar com o Carrefour Brasil. Na ocasião, o petista chefiava o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, pasta à qual o banco é subordinado.

Voce pode ler também

0 comentários