Ministro critica intenção dos juízes de não aplicarem a nova lei trabalhista

sábado, novembro 18, 2017


O ministro do Tribunal Superior do Trabalho - TST, Emanoel Pereira, criticou a intenção dos juízes de não aplicarem a nova lei trabalhista e acrescentou: "não adianta dizer que não vai cumprir a reforma. Trata-se de uma lei posta e ela terá de ser cumprida"

Voce pode ler também

0 comentários