Brasil começa a levar calote

sexta-feira, dezembro 29, 2017




O Brasil começou a levar calote dos países que tiveram obras da Odebrecht e outras empreiteiras financiadas pelo BNDES nos governos Lula e Dilma Rousseff. Segundo a Folha de S.Paulo, os primeiros caloteiros são Angola, Moçambique e Venezuela, que, juntos, devem cerca de US$ 4 bilhões – cerca de R$ 13 bilhões na cotação desta sexta-feira (29/12). Cláusulas marotas desses contratos preveem que, em caso de calote do país tomador, quem cobre a conta é o Fundo de Garantia à Exportação (FGE), cujos recursos saem do Tesouro Nacional.

Voce pode ler também

0 comentários