‘Espero que o PT seja cassado’, diz Bolsonaro sobre doação de ditador

sexta-feira, dezembro 08, 2017




O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República, se pronunciou, nesta sexta-feira (08/12), sobre a informações de que o ex-presidente Lula teria recebido um milhão de dólares do ditador líbio Muammar Kadafi. A denúncia foi feita pelo ex-ministro Antonio Palocci, em proposta de delação premiada entregue ao Ministério Público Federal. Ele está preso desde 2016 e foi condenado a 12 anos por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na operação Lava Jato.

Bolsonaro usa o vídeo de um discurso que fez, na Câmara dos Deputados, em 2011, para afirmar que já havia abordado o assunto. No material compartilhado no Facebook, o presidenciável se refere ao depoimento do líder indígena Mário Marcos Terena, na 11ª Reunião Extraordinária da Comissão de Direitos Humanos, em abril de 2008.


Voce pode ler também

0 comentários