FHC admite coligação com PMDB: Por que não?

sábado, dezembro 02, 2017




A prioridade do eleitor para 2018 é — ou deveria ser — acomodar no Palácio do Planalto um político capaz de compor um governo eticamente sustentável. Uma entrevista de Fernando Henrique Cardoso à VEJA dá uma ideia do tamanho do desafio.

"Está faltando organizar um centro democrático, progressista, que olhe para o povo", disse Fernando Henrique Cardoso. O tucano Geraldo Alckmin seria o candidato do meio. Cabe o PMDB Nacional nesse centro democrático?, perguntou-se a FHC. E ele: "Por que não?"

Ai, ai, ai. Vamos lá. Por que não? No passado, quando queria humilhar o Congresso Nacional do Brasil, o Executivo fechava-o. A partir de 1985, com a redemocratização, o Executivo passou a comprar o Congresso. No modelo do suborno, o dinheiro não é tudo. Há também as emendas orçamentárias, os cargos públicos.

Voce pode ler também

0 comentários