Nem todo pagamento de juiz acima do teto é ilegal, diz Cármen Lúcia

terça-feira, dezembro 05, 2017




A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, declarou que apenas 7 dos 27 tribunais de Justiça do país cumprem ordem para divulgar informações completas sobre a remuneração de juízes e desembargadores. "Eu preciso desses dados para mostrar que nem todo 'extrateto' é uma ilegalidade. Sem isso, fica difícil defender", disse durante encontro com presidentes dos tribunais de Justiça do país.

Voce pode ler também

0 comentários