Paulo Maluf se entrega à Polícia Federal em São Paulo

quarta-feira, dezembro 20, 2017

Maluf deixa residência nos Jardins rumo à PF (Foto: Marcelo Gonçalves/Estadão Conteúdo)


Fachin determinou o início da execução de pena do parlamentar, condenado a sete anos por lavagem de dinheiro


O deputado federal Paulo Maluf (PP/SP) chegou às 08:00 horas e 55minutos, desta quarta-feira (20/12), para se entregar à Polícia Federal - PF em São Paulo. O parlamentar chegou com uma mala de roupa. Ex-prefeito de São Paulo (1993-1996), Paulo Maluf foi condenado pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal - STF a uma pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias pelo crime de lavagem de dinheiro. 

A confirmação de que o parlamentar iria se apresentar à PF foi revelada ao Jornal O Globo pelo advogado do parlamentar, Ricardo Tosto. O advogado chegou à mansão de Maluf, no bairro dos Jardins, às 07:00 horas e 59 minutos, para acompanhá-lo à sede da PF. O deputado deixou sua casa às 08:00 horas e 22 minutos. "Ele vai se entregar. Vim aqui para isso", disse Tosto. Nesta terça-feira (19/12), o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o início da execução de pena do parlamentar, condenado em maio a sete anos, nove meses e dez dias de prisão, por lavagem de dinheiro. 

A defesa do deputado recorreu da decisão, mas o recurso foi rejeitado pelo ministro. Fachin determinou que o início da pena será cumprido em regime fechado, além da perda do mandato de parlamentar. De acordo com a sentença, Paulo Maluf desviou recursos das verbas para a construção da Avenida Águas Espraiadas, em São Paulo, quando ele foi prefeito da cidade (1993-1996). O prejuízo aos cofres públicos teria sido de aproximadamente US$ 1 bilhão.


Fonte: Estadão

Voce pode ler também

0 comentários