PGR denuncia Geddel Vieira Lima por lavagem de dinheiro e associação criminosa

terça-feira, dezembro 05, 2017

Foto: Felipe Rau


A denúncia é baseada no caso do dinheiro encontrado escondido dentro de malas em um apartamento


O ex-ministro baiano Geddel Vieira Lima foi denunciado por lavagem de dinheiro e associação criminosa ao Supremo Tribunal Federal - STF pela Procuradoria Geral da Republica (PGR) na segunda-feira (04/12). O irmão de Geddel, Deputado Lúcio Vieira Lima, a mãe deles, Marluce Vieira Lima, o ex-assessor Job Ribeiro que trabalhava com Lúcio Vieira Lima, o ex-diretor da Defesa Civil de Salvador Gustavo Ferraz e o sócio da empresa Cosbat Luiz Fernando Costa Filho também foram acusados formalmente pela PGR. 

Quem decidirá se os denunciados vão virar réus é o ministro Edson Fachin, relator do caro no Supremo Tribunal Federal - STF. A denúncia é baseada no caso do dinheiro encontrado escondido dentro de malas em um apartamento emprestado ao ministro em Salvador. No local, a Polícia Federal - PF encontrou R$ 51 milhões em dinheiro vivo. De acordo com a procuradoria o dinheiro foi acumulado com propinas da construtora Odebrecht, repasses de Lúcio Funaro e desvios de políticos do PMDB Nacional. Há indícios também de que o montante reúne parte dos salários dos assessores que era devolvido ao político.


Fonte: Estadão Conteúdo

Voce pode ler também

0 comentários