União faz “pente fino” em contas de R$ 4,7 mi da Olimpíada

quarta-feira, dezembro 20, 2017


Após gastar R$ 4,7 milhões em contas de água e luz nas Arenas Cariocas 1 e 2, no Centro de Tênis e no Velódromo, a Aglo (Autoridade de Governança do Legado Olímpico), autarquia vinculada ao Ministério do Esporte do Brasil responsável por administrar as instalações esportivas do Parque Olímpico da Barra da Tijuca - Rio de Janeiro, resolveu montar um grupo de trabalho somente para analisar esse tipo de despesa.

Os R$ 4,7 milhões das contas de água e luz correspondem a mais de 10% dos R$ 45 milhões reservados no orçamento do ministério para a gestão do Parque Olímpico durante o ano.

Voce pode ler também

0 comentários