AGU questiona competência do juízo que suspendeu posse de ministra

sábado, janeiro 13, 2018


Em caso de ações populares com causas conexas, a competência para julgá-las é do juízo onde foi proposta a primeira ação. É essa a tese apresentada pela AGU Advocacia-Geral da União no Tribunal Regional Federal da - TRF 2ª Região para tentar derrubar as decisões da Justiça Federal que impediram a posse da deputada federal Cristiane Brasil no cargo de ministra do Trabalho.


Voce pode ler também

0 comentários