CR7 declarou apenas 4% de R$ 536 milhões à receita

quinta-feira, janeiro 11, 2018

Foto:© Miguel Vidal/Reuters

Chefe do Fisco já havia sugerido prisão do craque

Cristiano Ronaldo vem sendo investigado pelo Fisco espanhol, que inclusive já chegou a sugerir à Justiça sua prisão por sonegação. Nesta quinta-feira (11/01), mais um escândalo envolvendo o nome do craque do Real Madrid C.F.,veio à tona. El Confidencial Digital teve acesso aos processos do jogador e apurou que CR7 teria declarado ao imposto de renda apenas 4% de 536 milhões de reais embolsados por ele no período de 2011 a 2014.


Sua defesa justifica que seus ganhos de patrocínio são declarados no exterior, por isso a declaração de apenas 22 milhões dos 536 milhões totais, o que representa 24% do valor arrecadado na Espanha, 85 milhões de reais.

Caso Leo Messi

Por problemas com o Fisco, Lionel Messi também foi investigado pela receita espanhola e terminou condenado a 21 meses de prisão. Ele não chegou a ser preso pois a lei espanhola isenta de prisão condenações menores que dois anos.

Voce pode ler também

0 comentários