Papa Francisco visita região vítima de febre do ouro

sábado, janeiro 20, 2018

Foto: AFP News Agency

Em Puerto Maldonado, a sudeste do país, capital da região onde vivem cerca de 100 mil habitantes, o pontífice foi recebido por 3.500 índios.


"Aqui, a vida não vale nada", lamenta a imprensa em Madre de Dios, região amazônica do Peru, que o Papa Francisco visita na sexta-feira (19/01), e onde o ouro dita a lei, comendo as florestas e envenenando seus habitantes. Em Puerto Maldonado, a sudeste do país, capital da região onde vivem cerca de 100 mil habitantes, o pontífice será recebido por 3.500 índios - vítimas da febre do ouro artesanal, muitas vezes ilegal - com quem invocará sua encíclica "Laudato si" (2015), em defesa do meio ambiente.

A Amazônia, devorada

"A mineração de ouro é o driver mais crítico no sul do Peru", assegura Matt Finer, diretor do projeto Maap (controle dos Andes amazônicos), formando por duas associações ecologistas, uma local e outra americana.

Voce pode ler também

0 comentários