Todos de olho em Lula

quarta-feira, janeiro 17, 2018



Os investidores começaram a contagem regressiva em relação ao julgamento do ex-presidente da República Lula, marcado para 24 de janeiro de 2018. A ordem, a partir de agora, é acompanhar todos os movimentos da defesa do ex-presidente e, sobretudo, dos três desembargadores do TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região que definirão o futuro político do petista. A aposta majoritária do mercado é de um placar de 3 a 0 contra Lula, reduzindo as chances de a sentença ser reformada por tribunais superiores.

Os donos do dinheiro querem que Lula saia logo da disputa pela Presidência da República. O pior cenário para os investidores é a judicialização do quadro eleitoral, ou seja, que o petista continue na disputa com base em liminares ou embargos. Na avaliação do mercado, sem o ex-presidente no front e com a implosão da candidatura de Jair Messias Bolsonaro, que, para especialistas, deve começar a perder votos nas próximas pesquisas, será mais fácil surgir um representante de centro com chances concretas de vitória em outubro.

Voce pode ler também

0 comentários