Fortaleza perde para o Ceará pelo placar de 0x2 neste domingo (04)

domingo, fevereiro 04, 2018

Foto: Ceará Sporting Club


A vitória do Ceará Sporting Club, além da importância natural de ter ocorrido no primeiro Clássico-Rei, encerra um período em que a equipe disputou três jogos em um intervalo de seis dias, cenário de um calendário absurdo, capaz de arrebentar fisicamente qualquer elenco se a comissão técnica não trabalhar bem. Ocorre que o planejamento – elaborado principalmente pelo técnico Marcelo Chamusca e pelo preparador físico Roger Gouveia – tem sido bem feito, com serenidade e estratégia, sem se deixar levar por eventuais resultados negativos do começo de temporada ou reclamações sem sentido de quem tem como objetivo criticar sem entender as necessidades deste início de trabalho.

Nestas partidas recentes, diante de CSA - Centro Sportivo Alagoano, pela Copa do Nordeste, além de Uniclinic Atlético Clube e Fortaleza Esporte Clube, pelo Campeonato Cearense, foram três vitórias, cinco gols marcados e nenhum sofrido, sinal que o sistema defensivo – onde todos os jogadores são importantes, desde o ataque – ganha força com o decorrer dos treinamentos, ainda que Rafael Pereira, um dos zagueiros titulares, esteja machucado, dando lugar ao reserva Valdo, autor do primeiro gol deste domingo (04/02). O Fortaleza começou bem a partida, mas nos 15 minutos iniciais em que teve o domínio com boas infiltrações e iniciativa ofensiva, não conseguiu abrir o placar.

Ceará Sporting Club entendeu o jogo, se posicionou melhor, os setores ficaram mais próximos e os gols saíram com naturalidade, ambos em cruzamentos longos, no primeiro tempo. Na segunda etapa, o Alvinegro fez a partida necessária para a manutenção do resultado e usou a inteligência do posicionamento e da troca de passes para controlar o Fortaleza Esporte Clube. O time de Rogério Ceni mostrou ter capacidade para atuações mais consistentes e precisava ter sido assim no Clássico-Rei se quisesse um resultado melhor, afinal, enfrentou uma equipe que tem um elenco melhor, mais caro e mais experiente.


Fonte: O POVO Online

Voce pode ler também

0 comentários