Sem reforma, governo poderá aumentar impostos, diz secretário da Previdência

sábado, fevereiro 10, 2018



De acordo com secretário da Previdência Social, aumento de tributos e contenção de gastos são alternativas caso projeto não seja aprovado


O governo poderá elevar a cobrança de impostos se a reforma da Previdência Social não for aprovada no Congresso Nacional do Brasil. A declaração foi feita na sexta-feira (09/02), pelo secretário de Previdência Social, Marcelo Caetano, depois de uma entrevista à TV NBR . "Teremos de aumentar tributos ou comprimir gastos", disse, em referência às medidas que poderiam ser tomadas pelo governo caso o projeto seja reprovado.

O secretário da Previdência afirmou, ainda, que, se não for possível reduzir o deficit, o governo precisará ao menos fazer com que ele pare crescer. "Queremos evitar o aumento de tributos porque os brasileiros já pagam quatro meses por ano em tributos. Mas se não fizermos a reforma, o tributo, que já é alto, poderá ser elevado", explicou.


Fonte: Economia - iG

Voce pode ler também

0 comentários