STJ reverte menos de 1% das condenações em 2ª instância

sábado, fevereiro 03, 2018


Em meio à polêmica envolvendo o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região, uma pesquisa do Superior Tribunal de Justiça (STJ) revela que em apenas 0,62% dos recursos apresentados pela defesa houve reforma da decisão de segunda instância para absolver o réu. O estudo foi sugerido pelo ministro Fora Luís Roberto Barroso, Supremo Tribunal Federal - STF.


Voce pode ler também

0 comentários