Temer vai mudar de novo o texto da reforma da Previdência para tentar aprovar

terça-feira, fevereiro 06, 2018




Para aprovar a reforma da Previdência Social, o presidente da República Michel Temer admitiu ceder na regra de transição para ingressos no serviço público até 2003. O presidente também pode abrir mão do limite de dois salários mínimos no caso de acúmulo de aposentadorias e benefícios, ampliando-o para o teto da Previdência Social.

"Se decidirem que o acúmulo da pensão não será até dois salários mínimos, como está no projeto que vai ser apresentado nesta quarta-feira (07/02), e chegarem à conclusão de que deve ser o teto da Previdência Social, de R$ 5.645,00, eu penso que, por força do diálogo, poderá eventualmente chegar a isso. De igual maneira, a questão daqueles anteriores a 2003, uma regra de transição", disse o presidente, em entrevista ao Jornal da Band, exibida na noite desta terça-feira (06/02).


Voce pode ler também

0 comentários