Voto impresso caminha na contramão do progresso

quarta-feira, fevereiro 07, 2018



A procuradora-geral da República do Brasil entrou com uma ADIN - Ação Direta de Inconstitucionalidade. Para Raquel dodge, o voto impresso "caminha na contramão da proteção da garantia do anonimato do voto e significa verdadeiro retrocesso". Na Câmara dos Deputados, a proposta do voto impresso foi do deputado federal Jair Messias Bolsonaro.


Voce pode ler também

0 comentários