Gilmar liberta condenados em segunda instância

quarta-feira, março 14, 2018



O ministro do Supremo Tribunal Federal - STF Gilmar Mendes concedeu liminar contra a execução de pena em segunda instância para quatro réus apanhados pela Operação Catuaba, que investiga sonegação fiscal no setor de bebidas.

Os réus estavam presos desde junho do ano passado.

Gilmar é mesmo um ministro coerente.

Voce pode ler também

0 comentários