Amigos de Temer deixam carceragem da PF

domingo, abril 01, 2018


Dez presos na Operação Skala, que atingiu amigos de Michel Temer, deixaram as superintendências da Polícia Federal - PF em São Paulo e no Rio de Janeiro na noite de sábado (31/03), após Luís Roberto Barroso determinar que fossem soltos, atendendo a pedido de Raquel Dodge. Alguns esconderam o rosto com blusas e cobertores. O ex-ministro Wagner Gonçalves Rossi foi o único a falar com os jornalistas. Ele reafirmou que nada tem a ver com os fatos investigados. "Eu agradeço pela presteza com que o ministro Barroso liberou a todos nós".

 

Voce pode ler também

0 comentários