Libertação: Curitiba será o centro de encontro

domingo, abril 08, 2018




Com a detenção do ex-presidente, o PT deve transformar Curitiba em seu centro político. Na segunda (09/04), o partido fará a próxima reunião de sua executiva na capital paranaense. Os dirigentes petistas estão convocando a militância para fazer vigília permanente na cidade. A informação é de Daniela Lima, na coluna Painel, da Folha de S.Paulo de sexta-feira.

A direção do partido adotará o discurso de que Lula é um preso político. "Não vamos sair de Curitiba. Nossa prioridade é a libertação dele", diz a senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR), presidente da sigla. Na sexta (06/04), Lula recebeu ligações de vários líderes estrangeiros, entre eles os ex-presidentes argentinos Cristina Fernandez de Kirchner e Eduardo Alberto Duhalde e o ex-presidente do Equador Rafael Correa. O ex-primeiro-ministro italiano Romano Prodi também fez contato.

Voce pode ler também

0 comentários