Temer sob alta tensão: inquérito sobre porto e filha

sábado, abril 14, 2018



Após comandar a primeira reunião do novo ministério, no Palácio do Planalto, o presidente da República Michel Temer decidiu ir para São Paulo onde cumpriu uma agenda particular. Comentou-se, em Brasilia, que Temer está preocupado com os rumos das investigações da Polícia Federal - PF no chamado Inquérito dos Portos, no qual ele é acusado de ter favorecido algumas concessionárias do Porto de Santos. Outro motivo de preocupação são os respingos da Operação Skala em sua filha Maristela Temer.

Na passagem por São Paulo, o presidente tinha um jantar marcado previamente com um experiente formador de opinião, mas é quase certo que Michel Temer tenha aproveitado a viagem para se encontrar com o advogado Antonio Mariz de Oliveira, que é seu amigo e quase assumiu o Ministério da Justiça logo após o impeachment de Dilma Rousseff. "Sempre que vai a São Paulo, o presidente entra em contato com Mariz", confirmou ao JB uma fonte do Planalto.

Voce pode ler também

0 comentários