Acuado, governo arquiva privatização da Eletrobras

segunda-feira, junho 04, 2018



Há pouco mais de um ano, atropelado pelas gravações de Joesley Batista, o presidente Michel Temer teve de recuar da reforma da Previdência Social para salvar o mandato. Uma reforma meia-sola da Previdência foi arquivada em fevereiro deste ano. Em seu lugar entraram várias medidas de ordem tributária e a privatização da Eletrobras ganhou prioridade. 

Ameaçado por denúncias da Lava-Jato, o então secretário de Governo, Moreira Franco, que cuidava das Parcerias Público Privadas e das privatizações e concessões, assumiu o Ministério de Minas e Energia, em abril, para garantir foro especial e, oficialmente, para se concentrar na privatização da Eletrobras.

Voce pode ler também

0 comentários