Com repulsa a Temer, MDB vira pária eleitoral

terça-feira, junho 26, 2018


Quando o assunto é o MDB Nacional, as negociações para alianças eleitorais se deparam com um dilema: nem o naco do tempo de TV nem o dinheiro do fundo partidário de um dos maiores partidos do país têm sido suficientes para atrair o interesse dos candidatos; a explicação é simples: o político mais rejeitado da história do país contamina qualquer aliança e a condição para 'conversar' é manter a imagem deste político submersa no pântano político de Brasília.

Voce pode ler também

0 comentários