Pré-candidatos ainda não escolheram vices

sexta-feira, junho 08, 2018



As eleições deste ano estão marcadas pelo atraso na definição das chapas dos principais postulantes ao Palácio do Planalto. Diferentemente de outras disputas presidenciais, nenhum dos nomes mais fortes definiu a indicação do vice ou mesmo o quadro de alianças. A cerca de 40 dias do início das convenções partidárias, o PSL, de Jair Messias Bolsonaro; a Rede, de Marina Silva; o PDT, de Ciro Gomes e o PSDB, de Geraldo Alckmin, tentam acelerar a formação de blocos políticos e demonstrar força.

Nas últimas eleições presidenciais, Marina anunciou que seria vice de Eduardo Campos (PSB) no dia 14 de abril e a chapa PSB/Rede já havia sido noticiada seis meses antes. Nas eleições de 2010, o MDB Nacional fez um acordo para apoiar Dilma Rousseff (PT) em outubro do ano anterior. Na ocasião, já ficou acertado que o partido teria a vice. Já o tucano Aloysio Nunes Ferreira era cotado, em 2014, para vice de Aécio Neves, também do PSDB, pelo menos desde maio.

Voce pode ler também

0 comentários