Marun solicitava facilidades para sindicatos em troca de apoio político, diz PF

segunda-feira, julho 16, 2018




A Folha de S.Paulo obteve um documento da Polícia Federal - PF que mostra que funcionários do Ministério do Trabalho fraudavam pareceres para atender pedidos do ministro Carlos Marun. Segundo a investigação, Marun pedia por meio de sua chefe de gabinete, Vivianne Lorenna de Melo, "facilidades para sindicatos de Mato Grosso do Sul, possivelmente em troca de apoio político no estado, seu reduto eleitoral". Mensagens trocadas pela assessora com servidores do ministério foram flagradas dias antes da Operação Registro Espúrio.

Voce pode ler também

0 comentários