Médico 'matador' e caloteiro se acha o cara e xinga a imprensa

sexta-feira, julho 20, 2018

Foto: Divulgação -


O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como "Dr. Bumbum", não paga condomínio de uma cobertura na Barra da Tijuca há 10 anos. O apartamento foi usado por ele e sua equipe para fazer o procedimento estético que resultou na morte da bancária Lilian Calixto, no último domingo.

Contra ele corre um processo na 2ª Vara Cível movido em 2009 pelo condomínio Santa Mônica. Em decisão publicada em fevereiro do ano passado, a Justiça condenou o réu a pagar o valor devido, que na época somava R$ 424.571,94, além das custas do processo.

Segundo o advogado que representa o condomínio, o valor atualizado já ultrapassa meio milhão de reais. E ao chegar na delegacia ficou escolhendo os veículos de comunicação pra dá entrevista.

Voce pode ler também

0 comentários