MPF denuncia ex-secretário de Alckmin e mais 13

sexta-feira, julho 27, 2018


Preso desde junho sob suspeita de favorecer empreiteiras na obra do Rodoanel Norte, Laurence Casagrande foi denunciado nesta sexta-feira (27/07), pelo Ministério Público Federal - MPF sob acusação de fraude a licitação, associação criminosa e falsidade ideológica, informa a Folha de S.PauloCasagrande, ex-secretário de Geraldo Alckmin e ex-presidente da DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A, é acusado de envolvimento na assinatura de aditivos contratuais que favoreceram de forma fraudulenta a OAS e a Mendes Júnior. 

Segundo as investigações, esses aditivos teriam causado prejuízos de mais de R$ 600 milhões aos cofres estaduais. Além de Laurence Casagrande, outras 13 pessoas foram denunciadas – entre elas o ex-diretor de Engenharia da DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A Pedro da Silva, que assumiu o cargo na estatal após a saída de Paulo Preto, acusado de operar propina para o PSDB. O Ministério Público Federal - MPF lembra que essa é a primeira denúncia da Operação Pedra no Caminho, desdobramento da Lava Jato em São Paulo.


Voce pode ler também

0 comentários