O ‘beijo hétero’ de Bolsonaro

sábado, julho 21, 2018



Na entrevista ao jornal O Globo, Jair Messias Bolsonaro comentou também sobre a aliança do centrão com Geraldo Alckmin:

"O centrão diz que vai bater mesmo o martelo lá para o dia 04 de agosto. Podem acontecer problemas entre eles, e alguém vir para o nosso lado". Ao ser questionado sobre se imagina qual candidato poderia enfrentá-lo num possível segundo turno, Bolsonaro desconversou.

"Acho que não enfrento ninguém. A gente ganha no primeiro turno. O Geraldo Alckmin acabou de me ajudar com a aliança com o centrão. Vou mandar um beijo para ele. Um beijo hétero".

Voce pode ler também

0 comentários