Rosa Weber rejeita pedido para declarar inelegibilidade de Lula

quarta-feira, julho 18, 2018



A ministra Rosa Weber negou hoje pedido de coordenadores do MBL - Movimento Brasil Livre para que seja declarada desde já a inelegibilidade de Lula e que ele seja impedido de registrar candidatura a qualquer cargo, informa o site JOTA. A vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não "conheceu da ação" – ou seja, nem chegou a analisar o mérito do pedido. 

O movimento argumentou ao TSE que não há dúvidas de que Lula está inelegível, pela Lei da Ficha Limpa, desde o trânsito em julgado da condenação penal no TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no caso do triplex do Guarujá. A defesa do condenado alegou que o MBL - Movimento Brasil Livre não teria legitimidade ativa para ajuizar a ação e chamou a iniciativa de "midiática, para buscar likes em redes sociais".

Voce pode ler também

0 comentários