TRF-4 nega recurso a executivos da Mendes Júnior

sexta-feira, julho 20, 2018


O TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou na quinta-feira (19/07), recurso em segunda instância de três executivos da Mendes Júnior, condenados por irregularidades nos contratos da empreiteira em processo decorrente da Lava Jato, informa o G1. As defesas de Alberto Vilaça, Sérgio Cunha Mendes e Rogério Cunha Pereira tinham entrado com recurso de embargos de declaração de uma decisão anterior do mesmo tribunal.

Após condenação em primeira instância, os três apelaram ao TRF-4, que confirmou todas as sentenças. Sérgio Cunha Mendes, ex-vice-presidente da empreiteira, pegou 27 anos e 2 meses de prisão. Os ex-diretores Rogério Cunha Pereira e Alberto Vilaça foram condenados, respectivamente, a 26 anos e 6 meses e 11 anos e 6 meses. Os três foram considerados culpados por crimes de corrupção ativa e associação criminosa. Sérgio e Rogério ainda foram sentenciados por lavagem de dinheiro.

Voce pode ler também

0 comentários