Barata admite caixa dois para políticos do RJ

sexta-feira, agosto 24, 2018



O mega empresário Jacob Barata Filho, o "rei dos ônibus" no Rio de Janeiro, foi ouvido nesta sexta-feira (24/08), pelo juíz federal Marcelo Bretas e admitiu pela primeira vez o pagamento de caixa dois a políticos do Rio, informa o G1. "Realmente existia um caixa gerado pela Fetranspor para pagamentos a agentes públicos, no sentido de tentar melhorar o sistema de transporte e proteger o sistema de transportes que fossem prejudiciais", declarou Barata, que teve a prisão revogada por Gilmar Mendes três vezes. Hoje, o juiz da Lava Jato no Rio está ouvindo também outros réus da Operação Cadeia Velha: Lélis Teixeira, o ex-presidente da Fetranspor, e Felipe Picciani, um dos filhos de Jorge Picciani.

Voce pode ler também

0 comentários