Bolsonaro propõe ensino a distância para ‘combater o marxismo’

terça-feira, agosto 07, 2018


 
Jair Messias Bolsonaro propôs nesta terça-feira (07/08), a ampliação do ensino a distância como solução para acabar com o marxismo e reduzir custos no setor de educação, informa a Folha de S.Paulo. "Com o ensino a distância você ajuda a combater o marxismo. E você pode começar a fazer o ensino a distância uma vez por semana. Você ajuda a baratear o ensino no Brasil", disse o presidenciável durante evento em Brasília.

Jair Messias Bolsonaro afirmou ainda que a proposta poderia valer para o ensino fundamental, médio ou superior, dependendo da disciplina, e acrescentou que alguns pais já preferem alfabetizar seus filhos em casa.

Voce pode ler também

0 comentários