Cármen Lúcia deixa presidência e muda o jogo no STF

sábado, agosto 18, 2018

 
 
A migração de Cármen Lúcia Antunes Rocha da presidência do Supremo Tribunal Federal - STF para a Segunda Turma da corte, em setembro de 2018, fará do ministro Celso de Mello, o decano, voto decisivo na maioria dos processos polêmicos vinculados à Lava Jato. As apostas na corte hoje vão na direção de que ela tenderia a votar mais alinhada com Luiz Edson Fachin, equilibrando o jogo com os garantistas Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.
 
 

Voce pode ler também

0 comentários