Cármen Lúcia: “Se o sacrifício é de todo mundo, tem de ser o nosso também”

sábado, agosto 11, 2018



A ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha deu uma entrevista ao jornal O Globo e disse, entre outras coisas, que os brasileiros desempregados se sentem indignados diante da aprovação da proposta de reajuste para magistrados.

"A demanda é legitima pelos salários defasados. Porém, eu fui contra devido ao momento do Brasil. Grave do ponto de vista econômico e fiscal, com uma sociedade que está penando muito pelas condições que estamos vivendo, com mais de 13 milhões de desempregados. Então eu acho que, se o sacrifício é de todo mundo, tem de ser nosso também (…). Acho que os desempregados ficam todos muito indignados. Porque eles compreendem que, mesmo havendo a defasagem dos juízes, eles não têm o mínimo, que é o emprego".

Voce pode ler também

0 comentários