‘Colisão com pássaros’ pode ter derrubado avião de Eduardo Campos, diz PF

terça-feira, agosto 07, 2018



Como publicamos ontem, a Polícia Federal - PF encerrou oficialmente nesta terça-feira (07/08), o inquérito sobre o acidente que matou, em 2014, Eduardo Campos e outras seis pessoas. Em seu relatório, os investigadores concluíram que a queda do avião que levava Campos pode ter sido causada pelos seguintes fatores, juntos ou separados: colisão com pássaros, "gerando uma atitude radical da aeronave", desorientação espacial dos pilotos e problemas técnicos como pane do profundor em "posições extremas".

Laudo anterior, do Cenipa, indicava falha humana como possível motivo da queda – não citou colisão com pássaros. A PF alegou que as investigações tinham objetivos distintos, mas as conclusões de seu relatório "não confrontam" as da Aeronáutica. Candidato à Presidência pelo PSB Nacional 40 em 2014, o ex-governador de Pernambuco tinha 49 anos quando seu Cessna 560XL caiu em Santos, em 13 de agosto de 2014.

Voce pode ler também

0 comentários