Ibope aponta que Camilo Santana lidera intenções de voto para o Governo do Estado

quinta-feira, agosto 16, 2018


Brancos e nulos aparecem com 17% e não sabem/não responderam são 9%


O Ibope divulgou, nesta quinta-feira (16/08), a primeira pesquisa para o Governo do Estado do Ceará. Concorrendo à reeleição, o governador Camilo Santana (PT) lidera, com muita distância, o levantamento com 64% do votos totais. 

Em seguida aparece o General Theophilo (PSDB), com 4%. Já Ailton Lopes (PSOL 50), Dr. Hélio Gois (PSL) e Francisco Gonzaga (PSTU Nacional) registraram cada um 2% dos votos totais. 

O candidato Mikaelton Carantino (PCO) não pontuou na pesquisa. 

Brancos e nulos aparecem com 17% e não sabem/não responderam são 9%.
Votos válidos

Se forem considerados os votos válidos, Camilo Santana aparece com 86%, enquanto General Theophilo tem 6%. Ailton Lopes, Dr. Hélio Gois e Francisco Gonzaga possuem, cada um, 3% dos votos válidos. 

Espontânea

Na categoria espontânea, na qual é questionado ao eleitor em quem ele vota, sem apresentar a lista de candidatos, foram encontrados os seguintes números: 

Camilo Santana (PT): 22%

General Theophilo (PSDB): 1%

Dr. Hélio Gois (PSL): 0%

Ailton Lopes (PSOL 50): 0%

Francisco Gonzaga (PSTU Nacional): não pontuou

Mikaelton Carantino (PCO - Partido da Causa Operária): não pontuou

Brancos/nulos: 14%

Não sabe: 56%
 
Rejeição

Os candidatos que mais registraram rejeição na pesquisa do Ibope foram: Ailton Lopes e General Theophilo, com 30% cada. Francisco Gonzaga é rejeitado por 29% dos entrevistados, enquanto Dr. Hélio Gois e Mikaelton Carantino possuem rejeição de 24%. O candidato petista, Camilo Santana, apresentou a menor rejeição, com 17%.

Nível de confiança 

Registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará - TRE CE, com número 4.197/2018, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com número 8.812/2018, a pesquisa foi encomendada pela TV Verdes Mares. Foram entrevistadas 1.204 pessoas em 58 cidades, entre os dias 13 e 15 de agosto O nível de confiança é de 95%, o que significa que, dos 100 levantamento realizados, em 95 deles o resultado estaria dentro da margem de erro de 3 pontos prevista.

Voce pode ler também

0 comentários