Moro manda prender cúpula da Mendes Júnior

segunda-feira, agosto 13, 2018


O juiz federal Sérgio Moro determinou a prisão de integrantes da cúpula do grupo Mendes Júnior, após condenação em segunda instância. São alvos dos mandados de prisão os executivos Sergio Cunha Mendes, Rogério Cunha Pereira e Alberto Elísio Vilaça Gomes, condenados por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Moro, como de costume, deu 24 horas para eles se apresentarem voluntariamente à Polícia Federal - PF. De acordo com a sentença confirmada pelo TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região, os executivos – que pagaram mais de R$ 31 milhões em propina por contratos na Petrobras

– terão de cumprir as seguintes penas:

– Sérgio Cunha: 27 anos e dois meses de reclusão,

– Rogério Cunha, 18 anos e 9 meses,

– Alberto Elísio Vilaça, 11 anos e seis meses.

Voce pode ler também

0 comentários