Aécio consegue se “safar”

terça-feira, setembro 11, 2018

Foto: Imagem  do Google -


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta terça-feira (11/09), o arquivamento de um inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB/MG) no Supremo Tribunal Federal - STF. O senador é investigado por supostamente ter atuado para fraudar registros do Banco Rural remetidos à CPMI dos Correios, em 2005.

O inquérito teve como base a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, que presidiu a CMPI e relatou ter sido procurado por Eduardo Paes, então deputado pelo PSDB, que lhe teria pedido, em nome de Aécio, que adiasse o prazo dado ao Banco Rural para o envio dos documentos, de modo a haver tempo para a fraude.


Voce pode ler também

0 comentários