Dinheiro apreendido ficará no Brasil até esclarecer sua origem

segunda-feira, setembro 17, 2018

Crédito: Divulgação/PF -


O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou nesta segunda-feira (17/09), que o dinheiro apreendido com a delegação da Guiné Equatorial ficará no Brasil até que se prove, caso seja possível, a legalidade de sua origem. "O dinheiro está aqui no Brasil. Vai ficar, a não ser que se prove a origem legal. Mas por enquanto está aqui", disse o ministro à Agência Brasil após cerimônia de ...



Ver mais

Voce pode ler também

0 comentários