Junta médica avalia que Bolsonaro não tem condições de ser transferido

sexta-feira, setembro 07, 2018

Foto: Raysa Leite/AFP Integra - 

Grupo de cinco médicos, dois da Santa Casa de Juiz de Fora e três do Sírio-Libanês, entende que ele ainda 'não possui estabilidade hemodinâmica'


O candidato do Partido Social Liberal - PSL à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, foi examinado no início da madrugada desta sexta-feira (07/09), por uma junta de cinco médicos na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), que concluiu que o presidenciável ainda não tem condições de ser transferido da unidade para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Bolsonaro passou por uma cirurgia de cerca de quatro horas nesta quinta-feira (06/09), depois de ser esfaqueado em um ato de campanha na cidade mineira. O esfaqueador, Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso em flagrante.

Fonte: Veja

Voce pode ler também

0 comentários