Na bancada do JN, Haddad trava embate com Bonner sobre corrupção e PT

sexta-feira, setembro 14, 2018

Foto: 14.set.2018 - Haddad (PT), candidato à Presidência, concede entrevista ao Jornal Nacional



Em entrevista ao Jornal Nacional nesta sexta-feira (14/09), o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) protagonizou intensos embates com o jornalista William Bonner ao falar sobre acusações de corrupção em gestões do seu partido. Mais de uma vez, o presidenciável reclamou de ser interrompido e fez uso de ironia em respostas, devolvendo acusações à Rede Globo

Ao longo de toda a entrevista, que durou pouco mais de 27 minutos, não houve nenhuma pergunta específica sobre o plano de governo petista. Haddad dá "boa noite" a Lula em entrevista no Jornal Nacional Questionado por Bonner sobre o entendimento de procuradores do Ministério Público Federal - MPF que dizem ter visto uma atuação sistêmica do PT - Partido dos Trabalhadores para o desvio de dinheiro público, e não atos isolados de membros do partido, Haddad se incomodou com a citação à ex-presidente Dilma Rousseff (PT) na lista de nomes que o apresentador citou como envolvidos na Operação Lava Jato. "Você citou a Dilma. Ela não é ré em nenhuma ação", contestou Haddad. "Ela é investigada, candidato", devolveu Bonner. 

"Estamos em um momento em que muitas pessoas que são investigadas são também absolvidas", disse Haddad, que pouco depois acrescentou: "Vocês não tratariam os problemas da Rede Globo como vocês tratam os problemas do PT", disse.


Fonte: UOL

Voce pode ler também

0 comentários