Temer deixará 50 projetos de privatizações para próximo presidente

segunda-feira, setembro 17, 2018



Caberá ao próximo governo decidir sobre mais de 50 projetos do pacote de privatizações do governo de Michel Temer prometidos para 2018, segundo o G1. Eles não sairão do papel em 2018 em razão de atrasos, dificuldades burocráticas, baixa atratividade e incertezas políticas e econômicas.

"Entre os projetos que passaram a não ter mais data prevista estão as privatizações da Eletrobras, da Casa da Moeda, da CASEMG e da Ceasa Minas; a venda da participação da Infraero nos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Confins; a concessão da Lotex, além de mais de 30 empreendimentos na área de rodovias, ferrovias e terminais portuários.

O número de projetos que não sairão do papel neste ano pode crescer porque parte dos leilões não tem nem data marcada e muitos ainda aguardam aprovação do Tribunal de Contas da União - TCU. Há dúvidas também sobre o interesse de investidores, uma vez que algumas das licitações ocorrerão em meio a eleições e transição de governo".

Voce pode ler também

0 comentários