Temer mão aberta: bomba retardada ao Congresso

domingo, setembro 02, 2018

A cúpula do Congresso Nacional do Brasil avalia que o presidente  da República Michel Temer repassou "uma bomba" ao Legislativo ao anunciar que concederia reajuste aos servidores federais e, depois, recuar. Michel Temer não vai encaminhar proposta com o aumento salarial, mas o funcionalismo certamente pressionará deputados e senadores a incluir a previsão no Orçamento de 2019.



Voce pode ler também

0 comentários