Eleitores não podem ser presos a partir desta terça-feira, exceto em flagrante delito

terça-feira, outubro 23, 2018



A partir desta terça-feira (23/10), a legislação eleitoral proíbe a prisão de eleitores, caso não seja em flagrante. A norma determina o período de cinco dias antes do pleito e prevê a garantia do direito à votação. E quem não conseguir votar no dia 28 de outubro deve justificar a ausência à Justiça Eleitoral. 


Fonte: Jornalista Sayonara Moreno - Agência Brasil

Voce pode ler também

0 comentários