Gilmar abate R$ 380 milhões de fiança

terça-feira, outubro 09, 2018


O ministro do Supremo Tribunal Federal - STF Gilmar Mendes não mandou soltar o doleiro Ernesto Matalon, mas abateu R$ 380 milhões da fiança imposta pelo juiz Marcelo Bretas, informa Fausto Macedo. Em decisão publicada na sexta (05/10), o ministro do STF acatou o pedido da defesa do doleiro e substituiu a fiança de R$ 390 milhões, determinada pelo juiz da Lava Jato no Rio de Janeiro, por uma de R$ 10 milhões.

Matalon teve a prisão decretada pela Justiça do Rio na Operação Câmbio, Desligo. Segundo o Ministério Público Federal - MPF, de 2011 a 2017, sua família movimentou US$ 100 milhões no sistema financeiro paralelo montado pelos doleiros Juca Bala e Tony.

Voce pode ler também

0 comentários