Justiça condena Haddad a pagar R$ 200 mil a promotor

quarta-feira, outubro 31, 2018



O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Fernando Haddad a pagar R$ 200 mil reais de indenização ao promotor Marcelo Milani. A decisão é de primeira instância – cabe recurso. Milani, que trabalha no Ministério Público do Estado de São Paulo, processou o ex-prefeito pela acusação de que o promotor teria pedido R$ 1 milhão de propina para não mover uma ação civil pública relacionada à construção do Estádio do Corinthians, Itaquera.

A acusação foi investigada pelo TJ-SP e pela Corregedoria do MP, mas nos dois casos o petista não conseguiu comprová-la. Em nota, a assessoria do candidato derrotado na eleição presidencial informou que a defesa apresentará os recursos cabíveis assim que receber a intimação.


Fonte:  informa o G1

Voce pode ler também

0 comentários