“O Brasil não corre o risco de ter a sua democracia arranhada”

segunda-feira, outubro 22, 2018



O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, atribuiu o discurso leviano de Eduardo Bolsonaro à sua imaturidade.

E acrescentou:

"Estão exagerando na dimensão".

Ele disse também:

"O Brasil não corre o risco de ter a sua democracia arranhada. Temos um poder judiciário totalmente independente, temos um Supremo Tribunal Federal - STF independente, um Superior Tribunal de Justiça (STJ) independente, julgando com total liberdade, temos as Forças Armadas com compromisso sério com a democracia".

Voce pode ler também

0 comentários